Quem sou eu

Minha foto
Paraty, Litoral Sul Fluminense, Brazil
DETRINDA, jornalismo, música, documentários. Compositor, repórter, videomaker, diretor e produtor de produtos audiovisuais. Pai e filho. Ciente que nada sei, cheio de vontade de aprender. Para aqueles que acreditam que o bem pode se propagar. Sejam Bem Vindos! (Davi Paiva,Trindade, Paraty-Rj).

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

NOVO CLIPE: CULTURA MISTA - TRILHA DO FILME TRINDADEIROS-

video

Clipe da Musica Cultura Mista. Album Concha Bruta.Vóz e Violões: Davi Detrinda e Nelson Caixa D'aço. Flautas: Roger Coicev . Trilha Sonora do Filme TRINDADEIROS. Detrinda Produções. Imagens: Davi e Silvio Delfim. PROTEJA A NATUREZA E A CULTURA CAIÇARA!

domingo, 4 de outubro de 2009

TRINDADE PARA OS TRINDADEIROS NO FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE PARATY 2009



Olá amigos, gostaria de convidá-los para o Festival Internacional de Cinema de Paraty que acontece de 9 A 12 de outubro.
Na ocasião será exibido no dia 11 (domingo), às 16h, no Cine Teatro de Paraty,
o filme "Trindade para os Trindadeiros",
documentário dos Jornalistas Davi Paiva e Sílvio Delfim sobre a história de luta dos caiçaras de Trindade (Paraty).


SINÓPSE DO FILME TRINDADE PARA OS TRINDADEIROS

“Trindade para os Trindadeiros” conta a história de luta da comunidade caiçara de Trindade, localizada na cidade de Paraty-RJ, contra os interesses imobiliários de uma grande multinacional, que apoiada pelo regime militar, tentou por quase 10 anos expulsar os caiçaras da terra onde moravam por pelo menos quatro gerações, para a construção de um condomínio de alto padrão durante a década de 1970.

O documentário produzido como trabalho de conclusão de curso dos Jornalistas Davi Paiva e Silvio Delfim tem duração de 90 minutos e vem se destacando por ser o mais completo registro documental da luta dos caiçaras de Trindade que ficou conhecida internacionalmente na época por toda a imprensa.

O filme destaca a importância da união da comunidade em busca de um ideal comum, alem de narrar através de depoimentos dos próprios personagens como foram os anos dessa luta, como foram feitas as mobilizações e como foram os principais acontecimentos durante esse período.

Por meio de arquivos de imagens e uma grande pesquisa, o vídeo faz um resgate da cultura caiçara e mostra como viviam os “Trindadeiros” antes da construção da Rodovia Rio-Santos e como vivem hoje os moradores dessa comunidade.

“O Problema do genocídio dos caiçaras, ampliado, é o da maioria do povo brasileiro, espoliado, vilipendiado, vitimado pela sanha dos oligarcas que impunemente tripudiam sobre o que resta de esperança desses brasis”. (Priscila Siqueira, Jornalista)

Contato: 12 9108 4159
Davi Paiva

Programação:
http://www.festivaldecinemadeparaty.com.br/programa.htm