Quem sou eu

Minha foto
Paraty, Litoral Sul Fluminense, Brazil
DETRINDA, jornalismo, música, documentários. Compositor, repórter, videomaker, diretor e produtor de produtos audiovisuais. Pai e filho. Ciente que nada sei, cheio de vontade de aprender. Para aqueles que acreditam que o bem pode se propagar. Sejam Bem Vindos! (Davi Paiva,Trindade, Paraty-Rj).

terça-feira, 16 de junho de 2009

REVOLUÇÃO MENTAL

Atualmente vivemos um momento de grande crise na humanidade. Valores e morais estão cada vez mais invertidos e complexos, assim fico sentindo falta de uma revolução mental.

No século XX os artistas que viriam a ser chamados de surrealistas constataram a crise da razão e do sistema lógico em que o mundo estava mergulhado. Ao perceberem esses graves problemas se dedicaram a uma fuga para o inconsciente que segundo eles, poderia ser uma saída para a enrascada em que havia se metido a razão humana. Para isso ocorrer era preciso anular a contradição entre sonho e realidade.

Em 1924 o surrealismo se iniciou como uma escola moderna de literatura e arte.

Esse movimento visava desprezar os encadeamentos lógicos e elevar o apreço do inconsciente. Renovar totalmente os valores artísticos, políticos, morais e filosóficos, ou seja, uma mudança da cultura e da vida.

Será que hoje, em pleno ano de 2009, com tantos avanços científicos e tecnológicos, não somos carentes de cabeças pensantes dispostas a tentar por meio de suas qualidades transformar essa visão atual e decadente desse sistema materialista em que estamos mergulhados?

Será que tenho que aceitar esses padrões que os mercadores de informação nos impõem?

Talvez Freud pudesse explicar...

"Meus Herois morreram de overdose, meus inimigos estão no poder...". Cazuza.

“Sinta a musica, entre dentro dela, veja o que a musica tem a lhe mostrar” Equilíbrio, Ponto.

( DAVi DETRINDA -Imagens: Salvador Dali)

Um comentário:

Leandro disse...

Revolução !! Não sei porque gosto tanto dessa palavra ... rs
Parar pra pensar é algo cada vez mais raro ... Querer ser, tentar estar, chegar a ter ... tudo te leva o mecanismo criado por cabeças que pararam e te adestraram .. A hora de parar e pensar chegou e quase ninguém viu nem ouviu ...